.

.

.

.

.

.
Loading...

Morte violenta em Mossoró: Uma confusão seguida de ameaças pode ter sido a motivação que terminou com a morte de uma criança na Maisa


Uma criança de apenas 5 anos de idade foi morta no final da noite de ontem 04 de julho de 2015, próximo a vila Pomar, no Projeto de Assentamento Maísa na zona rural de Mossoró, Região Oeste do Rio Grande do Norte.


Kauã Brito da Costa, foi assassinada a tiros durante uma emboscada armada para o seu pai, o agricultor Franciélio Florêncio da Silva.


A Polícia recebeu informação que a família retornava para casa na Vila Pomar, depois de participar de um bingo, ali pertinho, na Vila Maísa. O pai, Franciélio saiu na frente conduzindo os dois filhos “Kauã e uma menina” de motocicleta e a esposa permaneceu no local do bingo.


Quando o agricultor, com os filhos passava por um mata-burro foi surpreendido com um arame farpado esticado no local, que segundo a polícia foi colocado pelo criminoso.


Os três caíram da motocicleta e o pistoleiro, que estava escondido por trás da mureta de proteção ao mata-burro passou a efetuar disparos de arma de fogo, acertando Kauã duas vezes na cabeça e morreu no local. Seu pai e a filha conseguiram correr e escapar da morte.


Uma briga com ameaças entre o agricultor e o acusado, há cerca de quatro meses, pode ter sido a motivação para o crime. Foi o que informou Franciélio na Delegacia de Plantão em Mossoró.


O Bacharel Roberto Moura, Delegado de Plantão, considerou cruel a forma como a criança foi morta e que esse tipo de crime não é comum no meio policial.




O corpo do garoto Kauã Brito, foi removido para a Unidade Regional do Instituto Técnico e Cientifico de Polícia, Itep, onde será necropsiado.Informações: Fim da Linha

0 comentários Em:Morte violenta em Mossoró: Uma confusão seguida de ameaças pode ter sido a motivação que terminou com a morte de uma criança na Maisa

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos