.

.

.

.

.

.
Loading...

Cel. baleado não resiste aos ferimentos e morre


O coronel reformado da Polícia Militar da Paraíba, Serverino Epamilondas, que foi baleado no distrito de Fagundes, em Lucena, Litoral Norte da Paraíba, na noite desta segunda-feira (03), não resistiu aos ferimentos e faleceu no Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa.
De acordo com o boletim do Hospital, o policial passou por procedimentos médicos de emergência, mas não resistiu à gravidade dos ferimentos e faleceu. 
O outro crime aconteceu na quinta-feira (30). O Major Pablo foi baleado numa padaria em João Pessoa, após sair de uma agência bancária. A polícia acredita em saidinha de banco. Major Pablo chegou a entrar em luta corporal com o bandido e levou um tiro na perna. Ele deve receber alta nesta terça. 
Informações da PM apontam que o coronel estava em casa quando um homem chegou ao local e efetuou os tiros atingindo o militar. Ele foi atingido por pelo menos três tiros.
A assessoria também afirmou que após o atentado, o coronel permaneceu consciente e orientado, mas a identidade do suspeito e as motivações para o crime ainda eram desconhecidas. 
O SAMU se deslocou até o local para interceptar a ambulância da cidade que levava a vítima para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. De acordo com o Tenente Márcio, que fez o socorro, no deslocamento o coronel passou muito mal.
O 7º Batalhão da PM, sediado em Santa Rita, também na Grande João Pessoa, fica responsável pelas ocorrências na região da ocorrência. Policiais se deslocaram em uma viatura para apurar o fato com possíveis testemunhas e partir em busca do suspeito. 



Com Paraíba.com

0 comentários Em:Cel. baleado não resiste aos ferimentos e morre

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos