.

.

.

.

.

.
Loading...

Padrasto espanca até a morte criança de 2 meses na PB; Ele foi preso e confessou o crime

Padrasto espanca até a morte criança de 2 meses na PB; Ele foi preso e confessou o crime

Um bebê morreu na madrugada deste domingo (22) após ser espancado na noite do sábado (21) em Santa Rita, cidade da Grande João Pessoa.
A criança, que fez dois meses neste domingo, teve traumatismo craniano e morreu no hospital.
Segundo o delegado de Homicídios Carlos Othon, o principal suspeito é o padrasto, de 22 anos, que tinha um relacionamento com a mãe do bebê há cerca de sete meses.
O rapaz está detido na Central de Polícia e vai passar pela audiência de custódia, no Fórum Criminal.
A mãe, de 36 anos, informou à polícia que deixou o bebê dormindo em casa com o padrasto e foi para a igreja. Foi nesse momento que a criança foi espancada.
Aos policiais militares, ele disse primeiro que estava dormindo com o bebê na cama e teria se virado e batido sem intenção com o cotovelo na criança. Depois ele, mudou o depoimento e afirmou que perdeu a paciência e deu duas tapas e um soco no bebê porque ele não parava de chorar.
O primeiro atendimento aconteceu na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Santa Rita, onde a criança teve uma parada cardíaca.
Por volta da meia-noite, ele foi encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Porém, o bebê não resistiu aos ferimentos e morreu no hospital.
Carlos Othon explicou que vai solicitar que o suspeito seja encaminhado para o Presídio Modelo de Santa Rita e fique isolado, uma vez que o caso deve provocar a revolta de outros detentos.
LIBERDADE PB
Com G1PB

0 comentários Em:Padrasto espanca até a morte criança de 2 meses na PB; Ele foi preso e confessou o crime

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos