.

.

.

.

.

.
Loading...

Professores da UEPB desocupam prédio da reitoria nesta sexta-feira

Grupo apresentou proposta ao secretário de educação do estado.Nova assembleia geral foi marcada para a próxima terça-feira (9).
Do G1 PB
Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) pode cortar 2,8 mil vagas  (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba)Professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) estão em greve há mais de quatro meses (Foto: Leonardo Silva/Jornal da Paraíba)
Em greve há mais de quatro meses, os professores da Universidade Estadual de Paraíba (UEPB), que ocuparam a reitoria da instituição em Campina Grande na segunda-feira (26), deixaram o local nesta sexta-feira (6). Os professores reivindicavam uma negociação com o reitor e segundo o representante do comando de greve, Nelson Júnior, uma proposta foi apresentada e será levada ao governador.
Professores dormiram na reitoria e pedem negociação com o reitor (Foto: Reprodução/TV Paraíba)Docentes dormiram na reitoria e pediam reunião
com o reitor  (Foto: Reprodução/TV Paraíba)
De acordo com Nelson Júnior, os professores desocuparam o prédio da reitoria após ter entrado em contato com o secretário de educação do estado Aléssio Trindade de Barros. Foi apresentado uma proposta que ficou de ser repassado ao governador do estado, Ricardo Coutinho. Ainda conforme o comando de greve, uma assembleia geral foi marcada para a próxima terça-feira (9), para apresentar a contra-proposta do governo e decidir sobre o encerramento da greve.
Entre as propostas discutidas estão a Inclusão de 10% na folha de pessoal para o ano de 2016, criação de uma mesa técnica formada por representantes do governo, reitoria, professores e estudantes da instituição, além do repasse do Governo do Estado de três milhões de reais para pagamento de bolsas aos professores.
Para o reitor da Universidade Estadual da Paraíba, o professor Rangel Júnior, a desocupação da reitoria é fundamental para a retomada dos díalogos. “Recebi com tranquilidade a decisão, a desocupação da reitoria, é fundamental para a retomada do diálogo sobre o fim da greve”, disse.
Greve na UEPB
Os professores da UEPB ficaram durante 12 dias em acampamento improvisado no prédio da reitoria. Eles pediam uma negociação de urgência entre o reitor, Rangel Júnior e o governador do estado, Ricardo Coutinho com objetivo de pôr fim a greve.
Na quarta-feira (4) foi cancelada uma assembleia marcada pelos professores. De acordo com o comando de greve houve uma confusão entre grevistas e alunos, que teriam tentado entrar no prédio e foram barrados por seguranças da instituição. O protesto começou durante a manhã da segunda e ao longo do dia mais de 50 professores passaram pela reitoria.
Os docentes levaram colchões, cobertores e dormiram dentro do gabinete do reitor. "Ocupamos para fazer o Governo da Paraíba e o reitor se movimentarem e apresentarem uma contraproposta", diz um dos professores, Nelson Júnior.  A categoria pede um reajuste salarial de 6,41%, a construção de novos campi, melhorias na infraestrutura, revisão dos contratos dos professores substitutos, paridade salarial para ativos e aposentados e um concurso público.
Do G1 PB

0 comentários Em:Professores da UEPB desocupam prédio da reitoria nesta sexta-feira

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos