.

.

.

.

.

.
Loading...

"Pareço bobo, mas sou mau", disse assassino de família paraibana na Espanha

Patrick é sobrinho do pai da família morta na Espanha

François Patrick Nogueira Gouveia, assassino confesso de uma família paraibana na Espanha, teria dito à tia, Janaína Santos, dias antes ao crime, que "é uma pessoa má e gosta de ser assim". O relato é de Marcos Campos, morto e esquartejado pelo sobrinho, em áudio enviado por WhatsApp a familiares em João Pessoa. A gravação foi divulgada nesta quinta-feira (3), pela rádio espanhola ‘Cope’.
"Patrick me decepcionou muito. O Patrick que a gente conheceu [aqui na Espanha] e o Patrick que a gente conheceu aí no Brasil não têm nada a ver. Ele disse para Janaína: Eu sou uma pessoa má. Eu tenho carinha de bobo, mas eu não sou pessoa boa. Eu sou uma pessoa má e gosto de ser mau", diz Marcos Campos na mensagem. 
O tio do assassino ainda explica que quando foi se mudar de Torrejón para Pioz convidou Patrick para ir junto, mas o jovem disse que passaria mais uns dias na antiga casa.
"Me mudei na sexta e fiquei de pegar ele no sábado ou no domingo. Só que eu trabalhei sábado, domingo e segunda. Quando eu fui buscar ele na terça, ele não estava mais lá. Disseram que ele tinha ido para um hotel e não deixou nenhum bilhete para mim. Liguei para ele e mandei mensagem de voz para saber onde ele estava, o que tinha acontecido, mas ele não me contatou e era como se o telefone estivesse bloqueado para minhas chamadas. Não sei por que", conta Marcos. 
Portal Correio

0 comentários Em:"Pareço bobo, mas sou mau", disse assassino de família paraibana na Espanha

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos