.

.

.

.

.

.
Loading...

Repasse federal de R$ 1,7 milhão some das contas de São Bento e prefeito vai acionar a Polícia Federal

dr-jarques

O prefeito empossado de São Bento, Jarques Lúcio (DEM), denunciou nesta segunda-feira (2) o desaparecimento de mais de R$ 1,7 milhão das contas do município. Jarques informou que o caso será repassado à Polícia Federal, Justiça Federal e ao Ministério Público.

Os valores seriam referentes a repasses federais destinados à construção do Hospital e Maternidade Maria Paulino Lúcio, no valor R$ 1,2 milhão e para a habitação popular, no montante de R$ 500 mil. Os recursos estariam bloqueados devido a irregularidades nas obras antes do novo prefeito tomar posse, e sumiram das contas bancárias do município. A construção do hospital teve início em 2001 e até o momento não foi concluída.
Segundo ele, os salários dos servidores estão atrasados e cofres praticamente vazios. “É com muita tristeza que me deparo com essa situação. O dinheiro público saiu pelo ralo de uma maneira indecente, e quem paga com isso são as pessoas. Mas tenho fé que com muito trabalho a gente vai conseguir vencer os obstáculos, e quem deve a justiça que pague, porque o povo merece uma resposta descente da justiça brasileira”, disse Jarques.
Jarques, após tomar posse nesse domingo (1°), anunciou a renúncia do seu salário como agente político. A economia, em quatro anos, chegará à R$ 960 mil reais, de acordo com o gestor.
2017-01-02-photo-00000006-1Extrato bancário referente à construção do hospital e maternidade de São Bento
2017-01-02-photo-00000007Extrato bancário referente ao programa de habitação social

0 comentários Em:Repasse federal de R$ 1,7 milhão some das contas de São Bento e prefeito vai acionar a Polícia Federal

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos