.

.

.

.

.

.
Loading...

TJ afasta juízes suspeitos de vender habeas corpus a presos no Ceará

 As investigações da 'Operação Expresso 150' tramitam originariamente no Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob a relatoria do Ministro Herman Benjamin (Foto: Dida Sampaio/Estadão Conteúdo)

Justiça determinou nesta terça-feira (13) o afastamento de dois juízes suspeitos de participação em um esquema de venda de habeas corpus nos plantões do Tribunal de Justiça do Ceará. De acordo com a denúncia, o esquema mantido até 2015 e as vendas de medidas para soltar bandidos eram negociadas em grupos de WhatsApp por até R$ 150 mil.

Os crimes investigados são associação criminosa, corrupção passiva, tráfico de influência, corrupção ativa e lavagem de dinheiro.
"Por ordem do TJCE, foram cumpridos mandados de busca e apreensão; e condução, seguidos da coleta de depoimentos e realização de interrogatórios, além de se haver determinado, em caráter cautelar, o afastamento dos magistrados cujas condutas estão sob apuração", divulgou o Tribunal de Justiça nesta terça.
As diligências foram cumpridas pela Polícia Federal, após regular intervenção do Ministério Público Estadual, e o inquérito está em segredo de justiça.

Os mandados foram cumpridos como desdobramento da Operação Expresso 150, nome que faz referência ao valor cobrado pelos juízes para soltar bandidos. As investigações tramitam originariamente no Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob a relatoria do Ministro Herman Benjamin, e envolvem, nesta fase, fatos relacionados ao primeiro grau de jurisdição.
Em nota, o Tribunal de Justiça afirma que "apoia o aprofundamento das investigações e realiza esforços para que todas as notícias de possíveis desvios de conduta de seus membros sejam apuradas com o necessário rigor, de modo a preservar a confiabilidade, a imagem e o bom nome da instituição".Mensagem trocadas em aplicativo de celular revelam negociação para obter habeas corpus para criminosos mediante pagamento de até R$ 150 mil (Foto: PF/Reprodução)


G1-CE

0 comentários Em:TJ afasta juízes suspeitos de vender habeas corpus a presos no Ceará

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos