.

.

.

.

.

.
Loading...

Vereador de São Mamede é preso acusado por peculato-furto

Na tarde desta segunda-feira (10/07/2017), a polícia civil de Patos/PB efetuou a prisão de uma dupla que vinha vendendo equipamentos pertencentes a Secretaria de Estado da Educação da Paraíba-SEE/PB em sites conhecidos de compra e venda de mercadorias.
Segundo o delegado responsável pelas investigações, Dr. Demétrius Patrício, as diligências se iniciaram na quinta-feira passada (06/07/2017), logo após ter chegado a delegacia uma denúncia que um equipamento chamado Acess Point - que funciona como espécie de repetidor de sinal de internet – pertencente a uma escola estadual da 6ª Gerencia Regional de Educação de Patos/PB, estava sendo ofertado na internet pelo valor de R$ 500,00 (quinhentos reais), sendo que as fotos de exibição do produto constavam o número de tombamento da SEE/PB. Assim, agentes de investigação conseguiram entrar em contato com o “anunciante” e posteriormente marcaram um encontro no centro de Patos/PB para que fosse fechado a transação de compra e venda do dito equipamento, oportunidade em que a pessoa de ARLAN RAVELLE DE ARAÚJO GUERRA (25 anos, técnico em informática) fora preso em flagrante por crime de receptação.
No decorrer das diligências, descobrisse que a pessoa responsável pelo desvio e apropriação dos equipamentos públicos era a pessoa de FRANCISCO DAS CHAGAS MEDEIROS, vulgo “CHAGUINHA MEDEIROS” (37 anos de idade), vereador do município de São Mamede, e que em posse do mesmo ainda havia outros equipamentos pertencentes ao Poder Público. Assim, em ato contínuo, os agentes de investigação conseguiram localizar o vereador que confessou ter “guardado” os aludidos equipamentos em um sítio na zona rural de São Mamede.
Os equipamentos foram localizados, apreendidos e devolvidos à Secretaria de Educação. Já “Chaguinha de Medeiros” fora preso em flagrante por crime contra a administração pública.
Segundo o Delegado Seccional da 15ª AISP, Dr. George Wellington Junior, o vereador fora autuado por crime de PECULATO-FURTO, que é o delito cometido por agente público quando se apodera de bem público, em proveito próprio ou alheio, valendo-se de facilidade que lhe proporciona o cargo.
Dr. George finalizou a entrevista parabenizando todos os policias civis envolvidos no caso e informou, por fim, que o acusado ARLAN RAVELLE DE ARAÚJO GUERRA fora liberado mediante fiança, enquanto o vereador “Chaguinha Medeiros” fora recolhido ao Presídio Regional Romero Nóbrega, em Patos/PB, onde ficará à disposição da justiça.

Texto de responsabilidade da Polícia Civil em Patos.  

O Patosonline.com deixa aqui o espaço aberto para a defesa do vereador comentar a acusação divulgada pela Polícia Civil de Patos. Para tal basta enviar texto para o seguinte emai: falecom@patosonline.com    

0 comentários Em:Vereador de São Mamede é preso acusado por peculato-furto

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos