.

.

.

.

.

.
Loading...

Por causa de égua, filho mata a própria mãe e depois é morto pelo irmão no Acre

Por causa de égua, filho mata a própria mãe e depois é morto pelo irmão no Acre


Uma tragédia em família foi registrada na comunidade Foz do Natal, em Porto Walter, na região do Juruá, interior do Acre, no domingo, e abalou o município. 
Após uma discussão por causa de um animal, a dona de casa Zilma Vieira de Melo, de 59 anos, foi morta pelo próprio filho, José Benedito, de 23 anos, com um tiro de espingarda.

Um irmão dele, que era filho de criação de dona Zilma, revoltado (não teve o nome divulgado), o matou a golpes de terçado na nuca, nas costas e no braço esquerdo e fugiu. A polícia não sabe o paradeiro do rapaz. Os dois eram filhos do mesmo pai.

Zilmar chegou a ser levada ao hospital de Porto Walter, mas morreu ao não resistir aos ferimentos.

Uma égua teria motivado a discussão entre mãe e filho. O delegado Lindomar Ventura disse à jornalista Anny Barbosa, do G1 em Cruzeiro do Sul, que um juiz deve decidir se houve ou não legítima defesa na ação do irmão que matou o outro a golpes de terçado.

“Reunimos as informações e repassamos ao Judiciário, que deve informar se foi o caso de uma legítima defesa, nesse caso, a terceiro ou não. O fato é que estamos em busca do suspeito e, se ele for preso nas próximas horas, vamos realizar o procedimento de flagrante”, informou ao G1.

O corpo de dona Zilma e do filho foram liberados para sepultamento na comunidade Foz do Natal, lugar da tragédia.

Do AC24horas


0 comentários Em:Por causa de égua, filho mata a própria mãe e depois é morto pelo irmão no Acre

Faça seu Comentario!

Ultimas Notícias

Comentarios

Entretenimentos