Terça, 24 de Maio de 2022 09:50
(83)99637-2411
Geral Maranhão

Educação e Fapema pretendem ampliar participação de professores em editais para pesquisas e projetos

Os gestores discutiram a ampliação da participação dos docentes da rede estadual de ensino em editais da Fapema, além de medidas para a difusão des...

10/05/2022 15h50
Por: Redação Fonte: Secom Maranhão
Secretária Leuzinete Pereira da Silva e o presidente da Fapema, André Luís. (Foto: Lauro Vasconcelos) - Secretária Leuzinete Pereira da Silva e o presidente da Fapema, André Luís. (Foto: Lauro Vasconcelos)
Secretária Leuzinete Pereira da Silva e o presidente da Fapema, André Luís. (Foto: Lauro Vasconcelos) - Secretária Leuzinete Pereira da Silva e o presidente da Fapema, André Luís. (Foto: Lauro Vasconcelos)
10/05/2022

Com o objetivo de discutir a ampliação da participação dos docentes da rede estadual de ensino em editais da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), a secretária de Estado da Educação, Leuzinete Pereira da Silva, e o presidente da Fapema, André Luís Silva dos Santos, se reuniram nesta terça-feira (10) na sede da pasta, em São Luís.

A ideia é expandir as oportunidades para capacitação de professores e envio de projetos que podem ser executados pela Fundação, como apontou a secretária. “Foi uma reunião positiva e que trará frutos importantes para a Educação do Maranhão, ampliando a participação e o acesso dos professores aos editais da Fapema, e isso possibilita o desenvolvimento de pesquisa e projetos inovadores dentro das nossas escolas. Portanto, essa parceria é fundamental”, ressaltou.  

O professor André Luís destacou, no encontro, um edital inédito que é o “Professor Cidadão do Mundo”, cujo objetivo é levar professores das redes estadual e municipais para se capacitarem em robótica e metodologias ativas em Portugal. Citou, também, editais como “Juventude com Ciência”, em parceria com a Secretaria de Estado da Juventude (Seejuv), voltado para professores e estudantes de escolas públicas do ensino médio ou técnico e gestores municipais de juventude.

“Já temos alguns editais feitos com a Secretaria de Educação: o ‘Com ciência cultural’, por exemplo; outros transversais, como o ‘Juventude em Ciência’, com as Secretarias de Juventude e Direitos Humanos e Participação Popular; e temos o ‘Geração Ciência’, atrelado a professores do Estado. Neste ano, exclusivamente, houve o ‘Geração Ciência Robótica’, em que professores da rede estadual adquirem recursos, com bolsas para alunos e professores, para a compra de material para fazer pesquisa aplicada em robótica. A ideia é que esses editais sejam ampliados”, enfatizou.

Os dois gestores também discutiram medidas para a difusão desses editais entre os públicos da Educação, tendo em vista que cheguem às comunidades escolares de todo o estado. “A Fapema tem sua autonomia, a Seduc tem sua autonomia, mas quando a gente trabalha junto, podemos amplificar essas ações e potencializar isso nos municípios. Temos dificuldade de chegar a todos os municípios do Maranhão e só podemos financiar quem nos manda projeto. Então, a Secretaria pode promover informações de forma ampla para todo o estado, permitindo que esse professor tenha conhecimento dos editais, assim, chega aos municípios mais distantes e o professor manda seu projeto”, declarou o presidente da Fapema.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias