Quarta, 20 de Janeiro de 2021 16:50
(83)99637-2411
Brasil Veja só esse caso

Marido é preso por matar mulher com suposto tiro acidental de espingarda de pressão no rosto

De acordo com a polícia, marido pegou a arma, foi manusear e a engatilhou três vezes. Na quarta tentativa a espingarda disparou e acertou o rosto da mulher.

09/01/2021 10h49
Por: Redação Fonte: G1
Angélica Aparecida Gaio, de 30 anos, foi atingida por um tiro de espingarda de pressão em Sorriso — Foto: Arquivo Pessoal
Angélica Aparecida Gaio, de 30 anos, foi atingida por um tiro de espingarda de pressão em Sorriso — Foto: Arquivo Pessoal

Um marceneiro foi preso nessa sexta-feira (8) suspeito de matar a mulher dele com um suposto tiro acidental no rosto em Sorriso, a 420 km de Cuiabá. De acordo com a Polícia Militar, Angélica Aparecida Gaio, de 30 anos, foi atingida por um tiro de espingarda de pressão.

Abner Elias da Conceição Sales, de 23 anos, foi preso suspeito de homicídio.

Segundo a PM, o crime ocorreu no bairro Jardim Bela Vista.

Abner trabalha em uma fazenda e foi até uma pensão, junto com a vítima, para arrumar uma cama.

A arma é de propriedade do morador da pensão.

De acordo com a polícia, Abner pegou a arma, foi manusear e a engatilhou três vezes. Na quarta tentativa a espingarda disparou e acertou o rosto da mulher.

Ele e o morador, que estaria no banheiro no momento do disparo, a socorreram e a levaram para o Hospital Regional de Sorriso, mas ela não resistiu.

O marido está preso e o dono da espingarda será testemunha. O caso será investigado pela Polícia Civil.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias