Quinta, 25 de Fevereiro de 2021 19:16
(83)99637-2411
Brasil Veja

Brutal - Jovem deixa relato chocante nas redes sociais antes de ser morta por facção

Na primeira postagem Cristiane se despede e detalha os últimos momentos de vida, todo o terror que passou antes de ser brutalmente assassinada. Cristiane foi drogada, espancada e estuprada pelos seus assassinos, apontados como Licinho e Wellintton Capanga.

19/02/2021 11h15
Por: Redação Fonte: Bahia extremo sul
Brutal - Jovem deixa relato chocante nas redes sociais antes de ser morta por facção

Na noite do último   sábado (13), a jovem Cristiane Guimarães, de apenas 17 anos, foi brutalmente assassinada a tiros e teve o corpo jogado em uma área de mata, no município de Itapiranga, há 226 km de Manaus. Antes de morrer, Cristine usou seu perfil no Facebook para relatar como seria sua morte e o nome dos assassinos.

Na primeira postagem Cristiane se despede e detalha os últimos momentos de vida, todo o terror que passou antes de ser brutalmente assassinada. Cristiane foi drogada, espancada e estuprada pelos seus assassinos, apontados como Licinho e Wellintton Capanga.

A motivação do brutal assassinato seria uma dívida de droga no valor de R$3 mil reais. A jovem ainda pede o perdão dos pais, dos filhos e deixa um conselho para a irmã de 14 anos, “Que isso sirva de exemplo pra vc Aline, para de pegar droga pra vender e pra fumar, senão a próxima é vc”.

Após ser morta a tiros, os assassinos usaram a rede social de Cristiane para informar onde estava localizado o corpo dela, e assinaram o recado em nome da facção Comando Vermelho (CV).

O corpo foi encontrado no local exato descrito pelos criminosos, que estão foragidos e sendo procurados pela polícia. Cristiane deixou dois filhos, sendo um do assassino.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias