Terça, 09 de Março de 2021 01:07
(83)99637-2411
Brasil Veja

Dono da Curinga dos Pneus, pioneiro Roberto Curi morre de Covid-19

O empresário estava internado havia aproximadamente 15 dias e teve uma parada cardíaca nesta terça-feira (23/2)

23/02/2021 21h49
Por: Redação Fonte: Metrópoles
Dono da Curinga dos Pneus, pioneiro Roberto Curi morre de Covid-19

Um dos mais reconhecidos pioneiros de Brasília, o empresário Roberto Curi faleceu nesta terça-feira (23/2) vítima da Covid-19. Curi estava internado no Hospital DF Star há, aproximadamente, 15 dias. Ele teve uma parada cardíaca nesta terça e não resistiu.

Roberto Curi deixa dois filhos, uma enteada, sete netos e a esposa, Yara, com quem foi casado por 54 anos.

Filho de libanês, Roberto Curi nasceu em São Paulo, em outubro de 1932, e veio para Brasília durante a fundação da capital federal, em 1957. Na cidade, iniciou seus negócios no ramo da venda de pneus.

Tornou-se proprietário de uma das mais proeminentes revendedoras do país, a Curinga dos Pneus. Depois, o negócio expandiu e a empresa passou também a atuar como concessionária de carros e de caminhões.

Muito sentidos pela morte do patriarca, familiares de Curi contaram à coluna que, até hoje, aos 88 anos, Roberto Curi continuava à frente dos negócios e dava expediente nas empresas.

“Meu pai teve uma trajetória espetacular, ilibada e honrada. Veio para este mundo só para fazer a diferença, para construir uma família verdadeira e um ambiente de trabalho digno. Teve um crescimento profissional que se tornou um orgulho e um exemplo para todos nós”, disse Karina Curi, filha de Roberto.

Karina foi casada com o ex-governador do Distrito Federal Rogério Rosso, que considera Roberto Curi como um pai. “Ele é uma das pessoas que eu mais amo nesta vida. Construiu uma linda família cheia de valores”, afirmou.

Rogério Rosso lamentou o fato de o sogro não ter sido alcançado pela vacina. Diretor de Negócios Internacionais da União Química, Rosso é uma das vozes mais ativas em defesa da distribuição da vacina russa, a Sputnik V, no Brasil

Perfil

Roberto Curi começou a trabalhar aos 18 anos, vendendo jornais que pegava nas repartições públicas para açougues. Depois, trabalhou na Nestlé e na Goodyear, empresa que fabrica pneus. Na Goodyear, ele era executivo de vendas no interior de São Paulo e no Triângulo Mineiro.

Com o nascimento da nova capital federal, recebeu convite do empresário Lino Martins Pinto para abrir uma sociedade na qual ele teria 20% de participação na Pneus OK. Foram sócios durante seis anos. Depois, Roberto Curi montou a Curinga dos Pneus.

Ele abriu sua primeira loja de pneus na avenida W3. O empresário foi um dos personagens do documentário BSB60 – Brasília e Seus Pioneiros.

“Brasília é o centro de desenvolvimento do país. É muito mais do que uma capital”, disse, na ocasião. Confira o depoimento de Curi sobre sua trajetória de vida:

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias