Segunda, 27 de Setembro de 2021
29°

Poucas nuvens

Riacho dos Cavalos - PB

Geral Tocantins

Governo do Tocantins discute com Universidades execução do Projeto de Saúde Mental do Servidor

Parceria com Universidades visa oferecer atendimento psicossocial por meio de escuta qualificada

31/03/2021 às 13h55
Por: Redação Fonte: Secom Tocantins - Wanderson Gonçalves
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Um dia para apresentação do Projeto de Saúde Mental do Servidor, avaliar as ações já realizadas e planejar estratégias para execução em 2021. Este foi o objetivo da Secretaria de Estado da Administração (Secad), ao realizar nesta quarta-feira, 31, a reunião com os parceiros, Secretaria da Saúde (SES) e  Universidades. A agenda aconteceu de forma remota e sua programação contou com apresentação da atual situação do Projeto e as maneiras de viabilizar os atendimentos aos servidores.

De acordo com o secretário da Administração, Bruno Barreto, é indispensável que a gestão leve em consideração a saúde mental dos servidores. Ele explica que este é um momento para discutir com as Universidades podem contribuir na política de execução e trazer algumas ideias para que eles possam levar esse atendimento até para outras regiões.

“A gente sabe que essas trocas de experiências incentivam a participação de mais pessoas no Projeto. Então esses encontros são uma forma de existir, de dizer que temos uma rede que está preocupada com a saúde mental dos servidores e que faz a diferença no dia a dia das pessoas. Essa é uma forma das Universidades estarem com a gente, que já desenvolvem projetos correlatos e viabilizar a execução do Projeto de Saúde Mental do Servidor”, pontua.

Este ano, foi debatida com os RHs a participação dos setores no auxílio aos gestores, para identificação dos servidores que necessitam de atendimento, além de participar como um apoio inicial aos servidores.

Vale ressalta que um dos pontos importantes da Saúde Mental é fomentar que todos os espaços criem um núcleo de atenção ao trabalhador e que cada instituição possa mapear os profissionais interessados em contribuir com o Projeto. “O trabalho de atendimento que será realizado pelos parceiros do Projeto, envolvem a escuta, com direcionamento para terapias que ajudam o indivíduo a interagir com o que de fato acontece na realidade. Por isso, é importante expandir esse atendimento para outros setores, que é a proposta da Secad”, observa o gestor da Secad.

Para o diretor de Regulação do Trabalho da SES, Robson José da Silva, a reunião dos parceiros é importante porque ela acaba sendo mais do que uma troca de experiências. “Conhecer o que as Universidades estão fazendo, as experiências exitosas, faz com que a gente amplie tais ações e estratégias dentro dos serviços que nós executamos”, afirma.

O projeto

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os transtornos mentais e comportamentais estão entre as principais causas de perdas de dias de trabalho no mundo e dentre os servidores do executivo estadual essa realidade não é muito diferente. 

Pensado na atual realidade, a Diretoria da Junta Médica Oficial do Estado (JMOE) idealizou o  Projeto Saúde Mental do Servidor em Tempos de Pandemia.    .

O médico e perito na Junta Médica oficial do Estado, Rafael Julião, destacou que, “a ideia inicial é criar uma rede que possa prestar suporte emocional ao servidor por meio de acolhimento, que pode até ser resolutivo. Após essa escuta inicial, se for identificada a necessidade de seguimento, essa orientação é feita no sentido de dar continuidade ao cuidado psíquico”, informou.

Parcerias

Já por meio das parcerias com as Universidades, a projeto busca a cooperação das instituições para a execução prática com o acolhimento e atendimento dos servidores que necessitarem de apoio. “Vemos o potencial das Universidades para contribuir conjuntamente com a Secad no desenvolvimento desse projeto em oferece qualidade de vida para todos os servidores”, finalizou o secretário.

Assim, as Universidades irão contribuir com a oferta dos estagiários de psicologia, medicina, enfermagem, assistência social, entre outros, todos coordenados pelos professores na execução do atendimento psicossocial, no primeiro momento essa escuta será de modo remoto.    

A ideia é atender todas as regiões do Tocantins, as Universidades que assinaram o Termo de Cooperação Técnica, foram: Universidade Federal do Tocantins (UFT), Cátolica do Tocantins, Unirg, Itop e Ulbra.

Lives

O Projeto iniciou com lives, voltado para o caráter preventivo, que trataram de temas como a quebra de mitos sobre a depressão no trabalho, a percepção do indivíduo e do outro, as formas de atendimento online e motivação.

Todas podem ser acessadas no canal do Governo do Tocantins, no youtube.

Depressão no trabalho: quebra de mitos

Autocuidado, perceber a si e o outro 

Atendimento Psicológico online 

Motivacional

Edição: Alba Cobo

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias