Segunda, 17 de Maio de 2021 12:55
(83)99637-2411
Brasil Pandemia

Estudante de jornalismo que não tinha doença preexistente morre de Covid-19 aos 23 anos

Micaelly Larissa Ignatz Macedo passou um mês internada.

01/05/2021 03h44
Por: Redação Fonte: G1
Micaelly Larissa Ignatz Macedo, de 23 anos, morreu após contrair Covid-19 — Foto: Instagram/Reprodução
Micaelly Larissa Ignatz Macedo, de 23 anos, morreu após contrair Covid-19 — Foto: Instagram/Reprodução

A estudante de jornalismo da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) Micaelly Larissa Ignatz Macedo, de 23 anos, morreu nesta quinta-feira (29) de Covid-19. Segundo a família, ela não tinha nenhuma doença preexistente.

Micaelly começou a ter os primeiros sintomas em 24 de março e, uma semana depois, foi internada no Hospital Santa Rita, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá, onde morava.

Ela foi internada em 30 de março e transferida para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em 1º de abril.

Micaelly estava no 3º semestre do curso e estagiava em uma agência.

Em nota, a coordenação do curso lamentou a morte da universitária.

"Esta coordenação, em nome do curso de jornalismo, sensibiliza-se com o ocorrido e abraça docentes, amigas/os, colegas e familiares da Micaelly, em sinal de consternação", diz.

O enterro estava marcado para as 17h (18h no horário de Brasília) desta sexta no Cemitério Parque Bom Jesus, em Cuiabá.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias