Domingo, 13 de Junho de 2021 07:58
(83)99637-2411
Paraíba Confira Agora

Jovem é estuprada na frente dos pais durante assalto na Paraíba

A abordagem ocorreu em frente a uma casa abandonada e o suspeito teria jogado a moto contra o carro para fazer com que a família parasse.

07/05/2021 17h58
Por: Redação Fonte: paraibaonline.com.br
Foto: Reprodução/TVPB
Foto: Reprodução/TVPB

Nem comigo, nem com a minha mulher ele faz nada, mas na minha filha ele judiou muito com ela”. O relato emocionado partiu do pai de uma jovem de 22 anos que foi abusada sexualmente na noite dessa quinta-feira (6), na zona rural de Lagoa Seca, município do Agreste paraibano.

Em entrevista à TV Cabo Branco, o pai contou que eles trafegavam de carro na localidade em direção a uma igreja evangélica, quando um homem em uma moto anunciou o assalto.

“Ele puxou o revólver, toda hora ameaçava matar a gente, atirar na gente. Colocou a gente no chão, humilhou. Agarrou minha filha para abusar sexualmente e como ela não deixava ele machucou ela mais ainda”, disse.

A abordagem ocorreu em frente a uma casa abandonada e o suspeito teria jogado a moto contra o carro para fazer com que a família parasse.

Após praticar os abusos, ele fugiu no veículo, que mais a frente parou de funcionar devido a um sistema de segurança. Então, seguiu a pé levando um celular que estava dentro do carro.

Momentos depois, o suspeito realizou o segundo crime. Dessa vez, o assalto ocorreu nas proximidades de uma igreja. De lá, ele fugiu com o segundo carro roubado, praticando, tempos depois, o terceiro assalto, tendo como alvo um posto de gasolina.

A jovem estuprada foi levada ao Instituto de Saúde Elpídio de Almeida (ISEA), em Campina Grande, para passar por todos os atendimentos médicos necessários.

Ainda em entrevista à emissora de TV, o pai falou sobre o desejo de se mudar depois do ocorrido. “Para ficar aqui e não poder participar de uma igreja, não poder sair de casa, fica muito difícil. Quem é para estar preso é o bandido e não a gente”, concluiu.

Agentes da polícia estão desde o momento da denúncia efetuando rondas na localidade. No entanto, o suspeito ainda não foi preso.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias