Domingo, 13 de Junho de 2021 09:22
(83)99637-2411
Paraíba Veja

Criança morre após ser eletrocutada por fio de alta tensão na PB, mãe fica em choque e culpa a Energisa pelo fato: “não regulam os fios de energia” – VEJA VÍDEO

Os Bombeiros socorreram o menino, por volta das 11h e o levou ao Hospital Geral de Mamanguape. Mesmo após reanimação pelo Corpo de Bombeiros, ele chegou ao hospital inconsciente e foi a óbito.

08/06/2021 04h29 Atualizada há 5 dias
Por: Redação
Criança morre após ser eletrocutada por fio de alta tensão na PB, mãe fica em choque e culpa a Energisa pelo fato: “não regulam os fios de energia” – VEJA VÍDEO

Um menino de 12 anos morreu após ser eletrocutado em Mamanguape, no Litoral Norte da Paraíba. O fato aconteceu na manhã desta segunda-feira (7) quando, segundo as primeiras informações, um fio de alta tensão teria caído sobre a criança em uma rua.

A equipe do Corpo de Bombeiros informou que foi ao local para fazer o isolamento, por se tratar de um fio desencapado, para evitar que os moradores chegassem perto.

Os Bombeiros socorreram o menino, por volta das 11h e o levou ao Hospital Geral de Mamanguape. Mesmo após reanimação pelo Corpo de Bombeiros, ele chegou ao hospital inconsciente e foi a óbito.

A assessoria do Corpo de Bombeiros informou que, ao chegar ao local com a equipe do resgate, o menino “já estava em parada cardiorrespiratória”. O Hospital Geral de Mamanguape disse que “ao chegar à unidade, a equipe tentou reanimá-lo, mas não obteve êxito.”

Circula nas redes sociais um vídeo da mãe do menino onde ela culpa a Energisa pelo fato, no vídeo a mãe diz que a empresa não regula os fios de energia do local.

 

A equipe do Polêmica Paraíba entrou em contato com a Energisa e a assessoria informou que o cabo que atingiu a criança rompeu porque uma pessoa estava mexendo na rede elétrica.

A assessoria da empresa enviou ao Polêmica Paraíba uma nota, veja:

Nota de esclarecimento

A Energisa informa que toda a rede elétrica da localidade estava em condições adequadas, em conformidade com as normas de segurança. Mesmo seguindo todos os parâmetros, é imprescindível que as intervenções na rede sejam feitas somente por profissionais autorizados pela Energisa, para evitar choques elétricos e o rompimento de cabos. Além de receberem treinamento específico, os técnicos utilizam equipamentos de proteção adequados à atividade.
Especialmente nesse período chuvoso, é preciso ter cuidado com emendas, plugues e com locais que concentram umidade. Instalação e movimentação de antenas, obras e manutenções em telhados e equipamentos técnicos ligados à tomada também devem ser executados, apenas, por profissionais da área.
Ao encontrar algum cabo partido, pendurado ou no chão, as pessoas devem se afastar do local imediatamente e entrar em contato com a Energisa. O mesmo procedimento deve ser adotando quando houver acidentes com placas, telhas e árvores sobre a rede elétrica.
A concessionária ressalta, ainda, que está à disposição de todos para solucionar qualquer demanda que envolva energia elétrica. Para tanto, oferece diversos canais de comunicação, que podem ser utilizados facilmente, sem a necessidade de se deslocar a uma das agências da Energisa.
Confira, abaixo:
Aplicativo Energisa On
Call Center: 0800 083 0196
WhatsApp (Gisa): (83) 99135-5540
Site: www.energisa.com.br

Fonte: Polêmica Paraíba

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias