Segunda, 26 de Julho de 2021 02:29
(83)99637-2411
Polícia Veja

Mãe e duas filhas são mortas a facadas; namorado é o principal suspeito

A filha caçula chegou a ser agredida, mas conseguiu fugir e pedir por socorro.

16/07/2021 03h03
Por: Redação
Mãe e duas filhas são mortas a facadas; namorado é o principal suspeito

Com UOL- Uma mulher e suas duas filhas adolescentes foram mortas a facadas hoje em Caraguatatuba, no litoral de São Paulo. O principal suspeito do crime é o namorado da mãe.

Uma terceira filha da vítima também foi ferida, mas conseguiu fugir. A cena do crime foi a casa em que a funcionária pública Daniela Grecchi, de 40 anos, morava com as meninas, na rua Ana Francisca Fachini, no bairro Martin de Sá, segundo informações da Polícia Militar.

Segundo as primeiras informações das autoridades, Daniela estava no imóvel com as três filhas, de 15, 13 e 9 anos, quando o namorado chegou. Eles teriam iniciado uma discussão, e o homem, armado com uma faca, matou a mulher e as duas filhas adolescentes dela.

A filha caçula chegou a ser agredida, mas conseguiu fugir e pedir por socorro.

Daniela e as filhas mais velhas não resistiram aos ferimentos e morreram ainda no local. A criança foi socorrida pelo Grupamento de Bombeiros Marítimo e levada ao Hospital Stella Maris.

O hospital informou que não está autorizado a informar o estado de saúde dela. As filhas eram de um relacionamento anterior de Daniela.

“A gente não sabe o que pode ter acontecido, se eles estavam brigados. A Daniela sempre foi muito calada, não comentava muito sobre a vida pessoal. Ela era uma mãe maravilhosa e muito dedicada. As filhas eram a vida dela”, conta uma amiga, que pediu para não ter o nome divulgado.

Suspeito fugiu para mata

Depois do crime, o suspeito fugiu de bicicleta em direção a uma área de mata. A polícia afirmou que cercou o local e está fazendo buscas.

Durante a tarde de hoje, agentes encontraram uma bicicleta escondida em um matagal próximo à trilha que dá acesso à praia Brava. A polícia acredita que seja a usada pelo suspeito.

Assim como Daniela, o homem também é funcionário da prefeitura. Além de namorados, os dois eram colegas de trabalho e atuavam no Centro de Zoonoses da cidade.

Em caso de violência, denuncie

Ao presenciar um episódio de agressão contra mulheres, ligue para 190 e denuncie.

Casos de violência doméstica são, na maior parte das vezes, cometidos por parceiros ou ex-companheiros das mulheres, mas a Lei Maria da Penha também pode ser aplicada em agressões cometidas por familiares.

Também é possível realizar denúncias pelo número 180 — Central de Atendimento à Mulher — e do Disque 100, que apura violações aos direitos humanos.

Há ainda o aplicativo Direitos Humanos Brasil e através da página da Ouvidoria Nacional de Diretos Humanos (ONDH) do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH). Vítimas de violência doméstica podem fazer a denúncia em até seis meses.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Riacho dos Cavalos - PB
Atualizado às 02h11 - Fonte: Climatempo
24°
Poucas nuvens

Mín. 21° Máx. 36°

24° Sensação
15.1 km/h Vento
74.4% Umidade do ar
0% (0mm) Chance de chuva
Amanhã (27/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 22° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Quarta (28/07)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 35°

Sol com algumas nuvens
Ele1 - Criar site de notícias