Sexta, 03 de Dezembro de 2021
28°

Poucas nuvens

Riacho dos Cavalos - PB

Geral Ceará

Comitiva da Fortescue visita Ceará onde pretende desenvolver projeto para produzir Hidrogênio Verde

A CEO global da Fortscue, Julie Shuttleworth, acompanhada do CEO para a América Latina, Augustin Pichot; e do CEO para o Brasil, Luís Viga; além de...

24/11/2021 às 10h00
Por: Redação Fonte: Secom Ceará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

A CEO global da Fortscue, Julie Shuttleworth, acompanhada do CEO para a América Latina, Augustin Pichot; e do CEO para o Brasil, Luís Viga; além de outros profissionais da empresa australiana, visitaram na manhã dessa terça-feira (23) as instalações do Complexo do Pecém.

A comitiva estava acompanhada do secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado Ceará, Maia Júnior, e foi recebida pelo Presidente do Complexo do Pecém, Danilo Serpa; pelo Diretor do Porto de Roterdã Internacional, René Van Der Plas; e por outros membros da diretoria do Complexo do Pecém.

Além de um sobrevoo a alguns pontos do Complexo, os representantes da Fortscue fizeram uma visita às instalações do terminal portuário do Pecém e assistiram a apresentações do Vice-Presidente de Operações do Complexo do Pecém, Cornelis Hulst; e do Secretário da Sedet.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

Após a visita, a comitiva seguiu para uma reunião com o governador Camilo Santana, no Palácio da Abolição. “Recebi a presidente da multinacional Fortescue Future Industries, Julie Schttleworth, e executivos da empresa, que negocia com o Ceará a implantação de uma das maiores plantas de Hidrogênio Verde do país, com investimento estimado em U$ 6 bilhões, e a geração de milhares de empregos diretos e indiretos”, comentou o chefe do Executivo estadual nas redes sociais.

A Fortscue assinou Memorando de Entendimento (MoU) com o Estado do Ceará, em julho deste ano, para construir uma usina de produção de Hidrogênio Verde (H²V) no Complexo do Pecém.

Foto: Reprodução/Secom Ceará
Foto: Reprodução/Secom Ceará

“A visita e as reuniões que tivemos foram bastante proveitosas e hoje pudemos reafirmar nosso compromisso em seguir contribuindo com o desenvolvimento da cadeia produtiva do hidrogênio verde no Ceará e no Brasil”, afirmou o secretário da Sedet, Maia Junior.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias