Sexta, 03 de Dezembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Riacho dos Cavalos - PB

Geral Pará

Doadores de sangue ganham homenagens e agradecimentos na hemorrede do Pará

Fundação Hemopa e instituições parceiras celebram nas unidades de Belém e do interior o Dia Nacional do Doador de Sangue

24/11/2021 às 23h20
Por: Redação Fonte: Secom Pará
Compartilhe:
Foto: Reprodução/Secom Pará
Foto: Reprodução/Secom Pará

Maria Vitória Oliveira da Silva fez sua primeira doação de sangue no Hemonúcleo de Redenção
Maria Vitória Oliveira da Silva fez sua primeira doação de sangue no Hemonúcleo de Redenção - (Foto: Divulgação)
A Fundação Centro de Hemoterapia e Hematologia do Pará (Hemopa) se unirá, nesta quinta-feira (25), à hemorrede brasileira para celebrar o Dia Nacional do Doador de Sangue, com agradecimentos e homenagens aos voluntários das 11 unidades no Pará, incluindo as três que funcionam em Belém; os hemocentros regionais em Marabá, Santarém e Castanhal, e os hemonúcleos em Altamira, Tucuruí, Redenção, Capanema e Abaetetuba.

“Solidariedade é doar sangue o ano inteiro” é o tema campanha de incentivo à doação, e reflete o desejo da dona de casa Lidiane Conceição dos Santos, 40 anos, mãe de Samuel dos Santos, 8 anos. O menino tem anemia falciforme, doença hereditária caracterizada pela alteração dos glóbulos vermelhos do sangue. “Descobrimos a doença após o exame do pezinho. Em seguida, ele foi encaminhado para tratamento na Fundação  Hemopa”, contou Lidiane, que destacou a qualidade de vida do filho graças ao sangue que ele precisa receber, mensalmente.

Por isso, Samuel foi um dos usuários da Fundação Hemopa a ressaltar, em desenho, a importância dos doadores de sangue em sua vida. O desenho será entregue, com os demais, até o próximo dia 27, aos doadores voluntários que salvam vidas. O desenho foi feito enquanto ele aguardava pelo atendimento em leito, no Ambulatório Pediátrico do hemocentro.

Natural do município de Marituba, na Região Metropolitana de Belém, a quase 23 km da capital, Lidiane dos Santos frisou que Samuel depende, literalmente, da solidariedade de quem doa sangue. “Sou muito agradecida. Se não fossem os doadores, não sei o que aconteceria. Peço muito a Deus que dê muitos anos de vida para os doadores, porque se hoje meu filho tá vivo é primeiramente por Deus; depois pelos doadores e pelo Hemopa”, disse a mãe de Samuel.

Demanda- De acordo com a gerente de Captação de Doadores da Fundação Hemopa, a assistente social Juciara Farias, a média diária de doação de sangue é de 160 coletas, quando o ideal varia entre 200 e 250 bolsas de sangue. “A necessidade de transfusão de sangue de pacientes internados em mais de 200 hospitais no Pará é constante, por isso exige a doação de sangue regular de todos em condições de exerce esse ato solidário”, reforçou a gerente.

O aposentado José Alberto Pantoja de Lima, 62 anos, doa sangue desde os 26. Nascido no município de Castanhal, a mais de 70 km de Belém, ele é um dos primeiros doadores do Hemocentro Regional de Castanhal, onde já fez mais de 60 doações de sangue. “Minha motivação para doar sangue é salvar vidas. Me sinto bem, e isso me renova. Sempre que possível, venho doar sangue. Só tenho a agradecer por mais um dia do doador de sangue, festejado amanhã. Parabéns para todos nós. O Hemopa Castanhal  é uma casa pra gente”, declarou José Alberto.

No Hemonúcleo de Redenção, no Sul do Pará, a prática de solidariedade é a mesma. Maria Vitória Oliveira da Silva iniciou sua jornada de doadora de sangue nesta semana. “Realizei minha primeira doação de sangue e estou muito feliz. Doar sangue é doar vidas”, ressaltou.

Foto: Marco Santos / Ag. Pará
Os doadores voluntários ajudam a manter o estoque de sangue para atender a demanda dos hospitais
Foto: Reprodução/Secom Pará
Vidas salvas- De janeiro a outubro de 2021 foram coletadas 77.033 bolsas de sangue, que beneficiaram 309.332 pacientes internados na rede hospitalar. Ano passado, a equipe da Gerência de Captação de Doadores (Gecad) realizou 81 campanhas. Nos primeiros 10 meses deste ano, foram quase 100 campanhas, internas e externas, com apoio de instituições públicas e privadas.

De 2000 a 2021, a Fundação registrou cerca de um milhão de cadastros de doadores de sangue. Mas há necessidade de atualização cadastral dos voluntários para impulsionar a coleta de sangue.

A programação alusiva ao Dia Nacional do Doador Voluntário de Sangue da Fundação Hemopa terá agradecimentos e homenagens aos doadores voluntários e a participação de caravanas solidárias, resultado da parceria com outras instituições. A programação será realizada em todas as unidades da hemorrede.

Na sexta-feira (26) será realizada a ação “Em busca do Doador do Futuro”, com atividades voltadas às crianças do Projeto “Doador do Futuro” - pacientes do Hemopa e filhos de servidores. A programação lúdica sobre doação de sangue ocorrerá no auditório “Osvaldo Belarmino”, da Fundação Hemopa.

As homenagens ao doador de sangue serão encerradas no dia 27 (sábado), com campanha externa na Praça Batista Campos, em Belém. A Unidade Móvel de coleta de sangue ficará no local das 8 às 13 h. A ação contará com apoio da Cruz Vermelha, do Corpo de Bombeiros Militar e de voluntários de escolas técnicas de Enfermagem.

Critérios- Para doar sangue é preciso atender aos seguintes critérios: ter entre 16 e 69 anos (menores de idade devem estar acompanhados do responsável legal); pesar mais de 50 kg e estar em boas condições de saúde. No momento do cadastro é obrigatório apresentar um documento de identificação oficial, original e com foto (RG, CNH, passaporte ou carteira de trabalho).

Quem teve Covid-19 também pode voltar a doar, mas é preciso esperar 30 dias após a cura. Quem manteve contato com pessoas infectadas pelo novo coronavírus deve esperar 14 dias após o último contato. quem recebeu a vacina Coronavac/Sinovac deve esperar 48 horas para a doação, após cada dose. Já quem tomou as demais vacinas deve esperar apenas sete dias após cada dose.

Mais informações pode ser obtidas pelo 0800-2808118/ 3110-6500.

Por Vera Rojas (HEMOPA)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Ele1 - Criar site de notícias