Segunda-feira, 06 de Julho de 2020
Brasil

Grave acidente mata cinco pessoas, duas vítimas eram bebês

O portal Riacho em Foco recomenda, para sua proteção contra o coronovírus, Fique em casa!

Publicada em 25/05/20 às 20:04h - 911 visualizações

por G1


Compartilhe
   

Link da Notícia:

SÃO PAULO - Um acidente na Estrada Fujitaro Nagão, em Mogi das Cruzes, deixou cinco mortos e 13 pessoas feridas na noite de domingo (24). De acordo com os bombeiros, entre as vítimas estão uma mulher que estava grávida de cerca de 8 meses e sua bebê. A mãe morreu na hora do acidente. Um médico tentou fazer o parto no local e a menina nasceu viva, mas não resistiu.

“As equipes se dividiram no atendimento às múltiplas vítimas, em especial à gestante. Ela não resistiu. A equipe avançada, com o doutor Evandro, optou por fazer uma cesárea no local, um parto de emergência. Fez o parto, num primeiro momento nasceu uma menina com vida, a gente ficou feliz, mas infelizmente, posterior, el aveio ao óbito”, contou o tenente Everton Godói, do Corpo de Bombeiros.

Ainda segundo os bombeiros, outro filho da mulher, de 17 anos e o marido dela também morreram no acidente. Outra vítima fatal é um bebê de quatro meses que estava no outro veículo.

O acidente envolveu dois carros: um veículo de passeio e uma caminhonete. O único sobrevivente do carro de passeio, onde também estavam a mulher grávida, o marido e o filho, disse aos bombeiros que o motorista perdeu o controle em uma curva, invadiu a pista oposta e bateu de frente contra a caminhonete. O sobrevivente ainda contou que eles estavam na mesma festa e que a família tinha dado uma carona a ele.

Ainda segundo os bombeiros, na caminhonete estavam dois homens nos assentos da frente e duas mulheres atrás com dois bebês: de 10 dias e de quatro meses, além de duas crianças com cerca de 4 anos. Não havia cadeirinhas para os bebês.

“Usar cadeirinha, usar bebê conforto. Uma criança no colo, no caso de um acidente, colisão, há o risco de a criança ser ejetada para fora do veículo. Ou, se os pais conseguirem manter no colo, ser pressionada contra o corpo dos pais”, alerta o tenente.

O motorista de um ônibus junto com o motorista do carro levaram o bebê de quatro meses à Santa Casa de Mogi das Cruzes, mas ele não resistiu. O bebê de 10 dias foi socorrido. O G1 busca informações sobre o estado de saúde dos sobreviventes.

Fonte: Portal G1



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 Envie informações à Redação pelo WhatsApp: (83) 9 9637-2411

Visitas: 2601085
Usuários Online: 165
Copyright (c) 2020 - Portal Riacho em Foco - É proibido. A cópia ou reprodução total ou parcial dos artigos do Blog bem como de suas imagens. Legislação pertinente. O texto ... ERIHOST Monte sua rádio agora, Tim: (19) 98122-0247