Terça-feira, 12 de Novembro de 2019
Educação

Estudante canta nas ruas de Campina Grande para realizar sonho de se tornar médica

Publicada em - 319 visualizações

por G1 PB


Compartilhe
   

Link da Notícia:

Antonielle Lohane, de 22 anos, nasceu em Belo Horizonte. Ela se mudou para a Paraíba há três anos quando foi aprovada no curso de Medicina da UFCG.
O sonho de ser médica nasceu no coração de Antonielle Lohane, de 22 anos, quando ela ainda era uma criança. Há três anos, ela foi aprovada no curso de Medicina da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). A conquista foi alcançada, mas chegou acompanhada pela transformação. A jovem precisou se mudar de Belo Horizonte, em Minas Gerais, onde nasceu e morava com a família.
Thielly, como gosta de ser chamada, começou a cantar na igreja quando tinha apenas dois anos de idade. Ela brinca dizendo que aprendeu a ler cantando. A jovem estudou três anos até conseguir a aprovação. Ela já havia até desanimado.
No começo do curso, as despesas com o novo endereço e nova rotina de Thielly foram bancadas pela família dela. Mas, as dificuldades financeiras que os pais dela enfrentam dificultaram o sustento da garota.
Atualmente ela ainda conta com a ajuda do pai e com a solidariedade das pessoas. A alternativa que a jovem encontrou para não abrir mão do sonho de cuidar de outras pessoas, foi deixar ser cuidada por elas.
Filha de um mecânico e de uma dona de casa, ela aprendeu cedo o significado da palavra simplicidade. Prova disso, é que com uma plaquinha improvisada no verso de um calendário, ela fala do sonho que tem e pede o auxílio de quem possa ajudar
Duas vezes por semana Thielly se apresenta em frente a uma loja de produtos de cama, mesa e banho no Centro da cidade. Ela usa a voz forte e doce para conseguir se manter na cidade enquanto se forma. A jovem está no 5º período dos 12 que o curso possui. 
Para viver em Campina Grande ela precisa de, pelo menos, R$ 600 por mês. Cantando, ela consegue cerca de R$ 100 por dia em que se apresenta.
A rede de apoio que Thielly conta em Campina Grande é formada pelo noivo dela, Gabryel Rocha, de 24 anos, e pela família dele. Eles estão juntos há seis meses e foi ele quem deu a ideia para que ela cantasse.
“A luta dela é de se admirar. Ela canta e encanta. Todo dia é um aprendizado ao lado dela. É incrível o carinho que todo mundo tem por ela”, declarou Gabryel.
Antonielle garante que pretende conciliar a carreira na medicina com a música. Ela só ainda não sabe como. Mas fica feliz em lembrar de quando cantou para acalmar uma paciente que estava na sala de parto.
Tudo o que a futura médica passou e ainda passa já deixou uma lição para a vida dela.
“Por incrível que pareça, nada é inalcançável. Essa situação me mostrou que se a gente tem vontade, a gente consegue fazer”, concluiu.
Por Waléria Assunção, TV Paraíba, G1 PB



ATENÇÃO:Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Deixe seu comentário!

Nome
Email
Comentário


Insira os caracteres no campo abaixo:








Nosso Whatsapp

 (83) 99613-6486

Visitas: 1235657
Usuários Online: 443
Copyright (c) 2019 - Portal Riacho em Foco - É proibido. A cópia ou reprodução total ou parcial dos artigos do Blog bem como de suas imagens. Legislação pertinente. O texto ... ERIHOST Monte sua rádio agora, Tim: (19) 98122-0247